23 de maio de 2019

Aprenda como investir no Tesouro Direto!

dinheiro Aprenda como investir no Tesouro Direto!

O que é o Tesouro Direto

O Tesouro Direto se trata de um programa fruto de uma parceria entre o Tesouro Nacional e a BMF&F Bovespa que possibilita a comercialização de títulos públicos federais.

A venda desses títulos por parte do Governo, por sua vez, possui o intuito de ser uma forma adicional de captar recursos para a manutenção da máquina pública. Quando um título público é comercializado, a quantia referente ao preço deste ativo vai diretamente para o caixa do Governo e este precisará pagá-lo somente na data de seu vencimento — existe também a possibilidade de pagamento parcelado semestralmente.

Simplificando bastante, o Tesouro Direto é uma forma de investimento onde você basicamente empresta dinheiro para o governo e recebe o dinheiro de volta com juros.

Os tipos de títulos públicos

Atualmente, existem 5 tipos diferentes de títulos públicos comercializados através do Tesouro Direto, tendo dois destes um rendimento pré-fixado e os outros três um rendimento pós fixado.

Os títulos com rendimento pré-fixado são o Tesouro Pré-Fixado (LTN) e o Tesouro Pré-Fixado com juros semestrais (NTN-F). Como o próprio nome já dá a entender, o rendimento destes ativos é pré-fixado, ou seja, já se sabe quanto será recebido na data de seu vencimento. A única diferença entre o os dois, porém, está na possibilidade de recebimento semestral do título NTN-F.

Quanto aos títulos pós fixados, temos o Tesouro IPCA+ (NTN-B principal), que por possuir seu rendimento atrelado ao índice de inflação, garante sempre um lucro real aos seus compradores. Outro título pós fixado é o IPCA+ com juros semestrais (NTN-B), que funciona exatamente igual ao anterior, porém, com a possibilidade de recebimento semestral.

O quinto e último título público disponível no mercado atualmente é o Tesouro SELIC (LFT), que, por estar indexado à taxa básica de juros da economia, é extremamente atraente quando há expectativa de elevação da SELIC no futuro.

Por que investir no Tesouro Direto

As vantagens e benefícios de se investir no Tesouro Direto são diversas. Dentre estas, vale destacar a excelente relação risco x retorno, pois trata-se de um investimento bastante seguro da economia. Para se ter uma ideia os próprios bancos privados investem parte do seu capital em títulos públicos do Tesouro Direto.

Além disto, títulos públicos possuem uma excelente liquidez — facilidade com que se transforma um ativo em dinheiro (facilidade de vender o título) sem que este perca valor.

Como investir no Tesouro Direto

Uma das formas mais fáceis e vantajosas de se investir no Tesouro Direito é criando uma conta em uma corretora de valores. Se você não conhece nenhuma acesse este artigo, 5 corretoras de valores para começar a investir.  Atualmente é possível começar a investir no Tesouro com apenas R$30,00. Através do próprio site da corretora é possível realizar compra e venda dos títulos assim como acompanhar o seu rendimento.

Em seguida, para saber como investir no tesouro direito da melhor maneira possível e garantir que você alcance seus objetivos, você precisará descobrir e definir seu perfil de investidor. Normalmente as corretoras possuem consultores que podem te ajudar nesta parte.

Grande abraço e bons investimentos!

Artigos Relacionados:

Efetividade Finanças Pessoais

Outros textos de Efetividade Finanças Pessoais

Adicionar comentário