25 de junho de 2019

Entenda o que é CDB e como esse investimento funciona

entenda o que e cdb Entenda o que é CDB e como esse investimento funciona

Talvez o termo CDB não lhe seja estranho e você já o tenha escutado por aí, mas você seria capaz de explicar o que é CDB?

O que é CDB?

Os Certificados de Depósitos Bancários (CDB) são um ativo de renda fixa, comercializado pelos bancos que, ao vender esses ativos a terceiros, utilizarão o dinheiro arrecadado para ofertar crédito ao mercado em forma de empréstimos, financiamentos etc.

Na prática, quem investe em CDB está emprestando dinheiro para o banco que, por sua vez, emprestará esse dinheiro novamente. Ao final, na data de vencimento desse ativo, o comprador terá recebido de volta a quantia paga inicialmente por sua compra, mais uma remuneração adicional, relativa à taxa de juros da aplicação.

Qual a rentabilidade do CDB?

Apesar de ser classificado como um ativo de renda fixa, o rendimento do CDB não é sempre fixo. Na verdade, essa classificação indica apenas que o indexador ao qual seu rendimento estará atrelado é previamente conhecido.

Em resumo, a rentabilidade do CDB pode funcionar de três maneiras diferentes. A primeira é o CDB com valor pré-fixado. Como o próprio nome já diz, a remuneração final da aplicação já é conhecida antes do momento da compra, sendo essa a forma mais conservadora desse tipo de investimento.

Outra possibilidade de rendimento é com o valor pós-fixado, indexado a um índice de inflação como, por exemplo, o IPCA. Nesse tipo de aplicação, o valor investido será corrigido de acordo com o índice de inflação, permitindo que o investidor consiga um lucro real ao final.

A última e mais tradicional forma de rentabilidade do CDB é a indexada ao CDI. O CDI, ou Certificado de Depósito Interbancário, tem sua rentabilidade pautada pela média dos juros diários pelos quais os bancos emprestam dinheiro uns aos outros. Na prática, isso significa que ao adquirir, por exemplo, um CDB que paga rendimento de 95% do CDI durante um período em que o CDI esteja rendendo 15% ao ano, esse ativo terá um rendimento igual a 14,25% do rendimento do CDI.

O CDB também pode ser diretamente indexado à SELIC, mas como o CDI normalmente apresenta um rendimento muito próximo a ela, o ativo é mais tradicionalmente indexado ao próprio CDI.

Por fim, vale lembrar que todas as opções de CDB apresentadas acima podem ser consideradas um investimento tanto de curto quanto de médio ou longo prazo, pois sua liquidez pode ser até mesmo diária, uma de suas principais vantagens.

Qual a aplicação mínima?

Além da liquidez, o CDB apresenta diversas outras vantagens, como a garantia de aplicações para valores de até R$250 mil por parte do Fundo Garantidor de Crédito ou a isenção do pagamento de taxas. Por outro lado, uma de suas desvantagens é o valor da aplicação mínima, que geralmente varia entre R$200 a até R$2.000, dependendo da instituição financeira.

Para muitos investidores, esse valor pode até ser baixo, entretanto, para investidores iniciais e que não pretendem aplicar quantias maiores, é um valor considerável se compararmos com a acessibilidade de outros tipos de ativos de renda fixa, como o Tesouro Direto, por exemplo, que permite aplicações a partir de apenas R$30.

E aí, já se sente capaz de responder o que é CDB ou ainda tem alguma dúvida sobre o tema? Entre em contato conosco ou deixe abaixo sua opinião, crítica, sugestão ou até mesmo informação que gostaria de acrescentar ao post!

Artigos Relacionados:

Efetividade Finanças Pessoais

Outros textos de Efetividade Finanças Pessoais

Adicionar comentário