23 de maio de 2019

Investimento em imóveis

O rendimento pífio da caderneta de poupança te deixa frustrado no final do mês? Está na hora de avaliar outros tipos de investimentos que podem trazer mais lucro e, consequentemente, um maior respiro financeiro para o pagamento das contas, o lazer, o sonho de um carro mais luxuoso, a formatura dos filhos ou qualquer outro desejo de consumo que as aplicações usuais ainda não conseguiram te dar e nem dão sinais que no futuro próximo darão. Exemplo disso é o investimento em imóveis. Para se ter uma ideia, quem comprou imóveis nas principais capitais em 2008, hoje comemora uma rentabilidade superior a 200%.

investimento imobiliário 300x200 Investimento em imóveis

O Brasil é o país recordista em milionários imobiliários nos últimos 10 anos no mundo. Mesmo com a desaceleração da economia, quem estiver preparado para comprar ou vender os imóveis certos na hora certa vai ganhar bastante dinheiro. Isso porque investir em imóveis é uma das aplicações mais antigas e seguras do mercado. Se ainda está em dúvida se vale a pena mexer em seu rico dinheirinho, confira nossas dicas sobre as vantagens do investimento imobiliário.

Segurança acima de tudo

Investir em imóveis é uma forma segura de preservar seu patrimônio, pois quando a escolha é bem feita, o imóvel conserva seu valor de mercado ou valoriza-se acima dele, diferentemente do que acontece com outros investimentos conservadores, como a poupança ou alguns tipos de fundos de investimentos. O risco é baixo. O Brasil recebeu investimentos nacionais e internacionais maciços na área de construção civil, o que valorizou o segmento.

Bem tangível

Ao contrário de outras aplicações, neste caso você vê (e ainda pode tocar) o dinheiro investido. Ele tem nome e endereço além de folhas de papel. Mesmo que haja mudanças no governo ou na economia, o imóvel permanece à disposição. Afinal, quem não se lembra do susto para quem tinha dinheiro aplicado na poupança e viu sua aplicação ser congelada por tempo indeterminado durante o início do Governo Collor?

Renda extra

Há ainda a possibilidade de se obter uma renda extra com o imóvel. Dá para alugar e, com o dinheiro, pagar outras contas ou investir num financiamento de um carro ou outro imóvel. Um apartamento ou casa sempre vai ter procura, pois as pessoas encontram-se em diversas fases da vida procurando por um imóvel.

Diversificação da renda

O velho conselho dos tempos de nossos avós ainda é válido: nunca colocar os ovos numa cesta só. E estão certos! Mesmo que haja instabilidades no mercado, você perca seu emprego ou outros imprevistos, o investimento em imóvel pode se tornar sua fonte de renda oficial ou quando não, uma fonte alternativa.

Pense bem nessas características antes da decisão. Como todo investimento, a aplicação do dinheiro em um imóvel requer análise. Neste caso, a liquidez é a velocidade de venda, o que pode variar muito de um bairro a outro numa mesma cidade. Pesquise a região e o tipo certo: terreno, imóveis em leilão, apartamentos, casas ou salas comerciais? Flats ou quartos de hotéis? Qual o melhor investimento imobiliário? Há opções de comprar apenas uma cota adquirida de um fundo imobiliário e participar do lucro na venda ou aluguel. Tais fundos quando distribuem a renda dos aluguéis entre os participantes têm isenção do Imposto de Renda e podem ser comprados via BM&F Bovespa ou nos próprios bancos.

Com essas dicas você já pode começar a investir! Pesquise antes, escolha o tipo mais adequado ao seu perfil e aguarde os rendimentos! Caso ainda tenha dúvidas, deixe um comentário!

Artigos Relacionados:

Efetividade Finanças Pessoais

Outros textos de Efetividade Finanças Pessoais
2 Comentários

Adicionar comentário