23 de maio de 2019

O que é ser rico de verdade?

dinheiro O que é ser rico de verdade?A riqueza é um conceito muito relativo. Depende muito das percepções e valores individuais. Por exemplo, uma pessoa que ganha muito bem e que trabalha 12 horas por dia não é vista como rica por alguém que valoriza estar com a família e amigos, sem uma rotina carregada de estresse. Contudo, há um consenso que define o que é ser rico de verdade: é ter tempo para fazer o que quiser, sem ônus pelo que deixa de fazer. Mas e então… O que é ser rico de verdade?

Ser rico é

Ao contrário do que a cultura brasileira dissemina, ser rico não é apenas ter mansão na praia, viajar sempre para o exterior ou trocar de carro todo ano. Os verdadeiros ricos não o são porque consomem, mas consomem porque são ricos. Eles tendem a adquirir aquilo que pode gerar algum tipo de retorno para eles, como, por exemplo, imóveis diversos que são alugados e revendidos ou viagens que os enriquecem culturalmente. O verdadeiro rico é aquele que, mesmo trabalhando, pode se dar ao luxo de dedicar umas horas do seu expediente para sua família ou ir a um bom restaurante com os amigos, com um horário do almoço prolongado sem prejudicar seus rendimentos.

Como ficar rico

Para quem não nasceu em berço de ouro e cresceu em realidade adversa às facilidades que o dinheiro pode proporcionar, realmente pode ser mais difícil alcançar este patamar. Mas nada é impossível. Cases de sucesso — como o Sílvio Santos, por exemplo — são bem conhecidos e nos ensinam que é preciso muito esforço. Veja algumas dicas:

Mantenha o foco

Quando você busca algo, mas executa outra coisa, você está saindo do foco. É preciso definir sua meta e apontar todos seus objetivos e ações para o alcance daquela meta.

Tenha em mente que o dinheiro não deve ser prioridade

Pode até parecer incoerente, mas é preciso lembrar de que o dinheiro deve servir ao homem e não o contrário. De nada adianta trabalhar com excepcional empenho durante toda a vida para consolidar uma fortuna ao atingir certa idade se você perder o crescimento de seus filhos, o sucesso e as realizações de seus amigos ou, ainda, prejudicar sua saúde.

Saiba o valor do tempo

A premissa de que tempo é dinheiro só não é mais importante do que a que diz que o tempo a gente é quem faz. O dia pode ter, para muitos, apenas 24 horas, mas as prioridades e o tempo que você dedica a elas é você quem decide. Quanto mais você aproveita seu tempo entre todas suas prioridades, mais rico você será, mesmo que de forma não cifrável.

Invista sempre

Em vez de torrar seus recebimentos ou aquela graninha extra em baladas ou comprando coisas desnecessárias, procure economizar e direcionar esse dinheiro para investimentos que o proporcionarão alguma renda, seja em curto, médio ou longo prazo.

Controle seu dinheiro

Manter o controle das suas finanças é de fato um grande divisor de águas para aqueles que desejam ser “ricos” de verdade. Existem várias ferramentas de controle financeiro pessoal que permitem realizar esta tarefa de forma fácil e rápida. Se você ainda não conhece nenhuma clique aqui.

Para concluir essa reflexão sobre a riqueza, vale frisar que quem quer ser rico não deve se preocupar em acumular fortunas. A meta deve ser formar um patrimônio suficiente para poder custear suas despesas sem que você perca qualidade de vida. No raciocínio desenvolvido aqui, sofrer em Paris não é diferente de sofrer em uma cidadezinha do interior do Amapá.

E para você, o que é ser rico? Compartilhe aqui o que te faz sentir rico!

Confira também:

13 Maneiras de gerar renda extra e acrescentar seu salário

Artigos Relacionados:

Efetividade Finanças Pessoais

Outros textos de Efetividade Finanças Pessoais

Adicionar comentário