25 de junho de 2019

Colhendo dividendos de suas ações

dividendos 150x150 Colhendo dividendos de suas açõesDividendos é a distribuição do lucro de uma empresa para seus acionistas.

A legislação diz que ao menos 25% do lucro líquido devem ser repassados aos acionistas na forma de dividendos.

Não há incidência de Imposto de Renda sobre os dividendos recebidos, pois o mesmo já foi recolhido pela empresa.

Outro detalhe importantíssimo é saber que recebe os dividendos o possuidor da ação no dia do pagamento. Não adianta eu manter o papel durante o ano todo e vendê-lo dois dias antes de a empresa pagar os dividendos. Quem receberá o dinheiro será o possuidor da ação no dia do pagamento.

Uma dúvida que surge é referente aos fundos de ações, como funciona a política de pagamento de dividendos? Não há regra única. Tudo depende do contrato assinado. Alguns repassam os dividendos de forma proporcional e outros reinvestem o dinheiro. Dúvidas? Leia o contrato assinado.

O LPA é o lucro recebido através de dividendos. O papel PETR4 distribuiu 3,58 por ação no último pagamento. Levando-se em conta a cotação do papel no fechamento da última semana, 26,78, concluímos que retornou a seus acionistas 13,37% sobre o valor da ação, um excelente retorno.

Observe que a caderneta de poupança retorna no mesmo período não mais que 7%, ou seja, é melhor contar com dividendos de boas empresas do que deixar dinheiro na poupança.

O P/L nos mostra o número de anos que se demora há reaver o valor investido pelo recebimento de dividendos. No caso do PETR4 esse período é de aproximadamente 7 anos e meio. Nas minhas analises para decidir a compra de um papel, levo em conta, entre outros dados, o P/L. Não compro empresas com P/L acima de 15 anos.

É possível viver de dividendos?

Sem dúvidas que sim. Na minha concepção de investimentos, quem compra e mantém objetiva lucrar através dos dividendos recebidos.

Nossa cultura é muito imediatista, não somos investidores e sim especuladores. Compro hoje e quero lucro amanhã. Temos que mudar isso. Para isso é necessário aprender. Recomendo você assumir o controle de seus investimentos aprendendo sobre como eles funcionam. Não deixe seus investimentos nas mãos de terceiros (planejadores financeiros, bancos, fundos, corretoras), assuma o controle. Não estou dizendo que você não deve confiar nestes meios, mas apenas que eles devem ser parceiros e não quem controla seu dinheiro. A decisão final deve ser sempre sua.

Dividendos são os frutos de uma colheita.

Bons investimentos!

Artigos Relacionados:

    None Found

Jônatas Rodrigues da Silva

Administrador na Universidade Federal de São Carlos e professor do Estado de São Paulo no Centro Paula Souza. Autor do livro Método para a Educação Financeira: da Sensibilização à Ação.

Outros textos de Jônatas Rodrigues da Silva
4 Comentários

Adicionar comentário