25 de junho de 2019

O BB e o Banco Postal dos Correios.

banco do brasil 150x150 O BB e o Banco Postal dos Correios.No último dia do mês de junho aconteceu o leilão que definiu o banco que irá administrar o Banco Postal dos Correios.

O Banco Postal é a marca dos correios que designa sua atuação como correspondente bancário na prestação de serviços básicos.

O Banco do Brasil com uma oferta de 2,3 bilhões foi o vencedor do leilão e irá administrar o serviço por 5 anos a começar em 2012. Atualmente o serviço pertence ao banco Bradesco.

O BB venceu uma disputa acirrada onde concorreu com os bancos Bradesco e Caixa Econômica Federal. O banco Itaú não participou da disputa. Até entrou no leilão, acredito que somente para fazer os demais bancos gastarem mais dinheiro, mas sua oferta foi nula, apenas 0,01 centavo.

A visão do mercado

O negócio foi fechado a um valor elevado. O próprio presidente dos Correios declarou que eles esperavam arrecadar 1,5 bilhão. Nos dois dias seguintes ao leilão as ações do BB negociadas na Bovespa caíram 2,3%.

A estratégia do Banco do Brasil

O BB tem como estratégia estar presente em todos os municípios brasileiros até 2015. Com o Banco Postal estará presente em 96% deles e assim cumprira facilmente a meta.

Eles esperam ampliar em 10 milhões o número de clientes em 5 anos. Hoje possuem 55,5 milhões.

Minha análise

Gostei da estratégia audaciosa e agressiva do BB. Administrando os serviços do Banco Postal ele ampliará significativamente sua presença geográfica. Hoje ele está presente em 4.389 municípios. Com o Banco Postal estarão em 5.271. É uma ampliação de mais de 20%.

O Banco Postal atende basicamente clientes de baixa renda. O Bradesco, atual administrador, informa que 93% dos clientes advindos do Banco Postal possuem renda de até 3 salários mínimos, sendo 80% deles de apenas 1 salário.

Com o Banco Postal o BB diminuirá o fluxo de pessoas em suas agências diminuindo custos operacionais.

Os Correios é um órgão estatal respeitado e admirado pelos brasileiros. Nos últimos anos ficou com sua imagem abalada pelo atraso em suas entregas, porém com mais dinheiro em caixa poderá melhorar sua logística. O BB é um banco com uma imagem muito forte, afinal é o “banco do Brasil”. Vincular sua marca à imagem respeitada dos Correios trará ainda mais credibilidade e respeito. O BB também fica mais povão se aproximando mais da realidade do cidadão brasileiro.

Eu continuo acreditando, e muito, no BB. Com isso mantenho os atuais e continuo comprando seus papeis negociados na BM&Bovespa.

Artigos Relacionados:

Jônatas Rodrigues da Silva

Administrador na Universidade Federal de São Carlos e professor do Estado de São Paulo no Centro Paula Souza. Autor do livro Método para a Educação Financeira: da Sensibilização à Ação.

Outros textos de Jônatas Rodrigues da Silva
3 Comentários

Adicionar comentário