13 de dezembro de 2018

Orientações preciosas para aprender a poupar dinheiro!

orientacoes preciosas para aprender a poupar dinheiro e1542221031657 Orientações preciosas para aprender a poupar dinheiro!

Confira sete dicas para você começar a guardar recursos agora mesmo.

Anotações, fuga dos juros e planejamento: como guardar recursos para o seu objetivo.

Poupar dinheiro não é tarefa fácil. Com contas para pagar, alimentação, deslocamento, diversão – pois ninguém é de ferro – e outros pormenores, pode parecer difícil guardar uns trocados para conseguir a estabilidade financeira ou construir um patrimônio contundente. Mas há meios de aprender a poupar dinheiro de forma efetiva.

Por isso, selecionamos 7 dicas para você conseguir melhorar seu controle financeiro. Confira:

1. Pague-se primeiro

Esta é a principal recomendação dos grandes investidores e educadores financeiros: antes mesmo de fazer qualquer tipo de pagamento, guarde uma porcentagem do seu salário para você. Se você deixar para poupar o que sobra, irá gastar tudo antes do tempo. Então, se você recebeu um valor, poupe uma quantia (10%, no começo, é o recomendado), tornando isto um hábito.

2. Anote seus gastos

Não basta apenas pagar a si mesmo – é preciso saber de onde vem e para onde vai o dinheiro. Desta forma, qualquer centavo gasto (e isso inclui até o cafezinho na padaria antes do trabalho), precisa ser discriminado no papel, planilha ou com auxilio da tecnologia, através de um gerenciador financeiro. Assim, você verá melhor onde está saindo dinheiro e quais setores dá para ‘enxugar’ e poupar uma graninha a mais.

3. Evite juros

Quer poupar? Então pare de pagar o que não precisa. Suas contas, por exemplo, precisam ser quitadas antes do vencimento. Quer comprar algo novo? Pesquise quem oferece as melhores condições e as menores taxas de juros, além de buscar sempre o pagamento à vista. Eliminar os juros é ter uma boa quantia que pode ser poupada.

4. Reduza custos desnecessário

O ato impulsivo de comprar é inversamente proporcional a ação de poupar. Desta forma, elimine qualquer tipo de gasto excedente. Um exemplo é o próprio café da padaria, que listamos no item 2: dia após dia, ele pode comprometer uma fatia razoável da sua renda.

Por que não acordar 15 minutos e fazer seu próprio café? Geralmente gastos pequenos, mas rotineiros, podem impedir que você poupe – e tudo através de impulsos que podem ser controlados.

5. Motive-se e invista

Um dos segredos para quem busca poupar é ver seu patrimônio crescer. Desta forma, invista o valor poupado em algum produto financeiro. Títulos públicos e certificados de depósito interbancários (CDB), por exemplo, são seguros e você pode acompanhar, dia após a dia, o aumento progressivo dos valores. Isto o motivará a poupar cada vez mais.

6. Programe-se

Há épocas do ano que o dinheiro encurta – final de ano, impostos como IPTU e IPVA, festa de aniversário dos filhos, viagem nas férias, entre outros. Desta forma, saiba quanto precisa poupar para cada situação e quanto é para a sua reserva financeira. Quando há uma programação definida de gastos, você não utiliza o que destinou como patrimônio/reserva e pode controlar melhor os gastos – aproveitando da melhor maneira o seu dinheiro.

7. Busque se aprofundar

A educação financeira e o hábito de poupar estão intimamente ligados. Assim, busque sempre estar atualizado sobre renda fixa e variável (tendo mais rendimentos com a sua reserva financeira); leia livros e artigos sobre o assunto; converse com bons poupadores e pessoas que têm uma trajetória consolidada. Aprofundando-se no assunto, poupar será uma tarefa automática.

Artigos Relacionados:

Adicionar comentário