22 de abril de 2018

5 dicas para economizar dentro de casa

5 dicas simples para economizar dinheiro e terminar o ano fora do vermelho 20171229161308.jpg e1521138898324 5 dicas para economizar dentro de casa

As crises financeiras que tomaram conta do país nos últimos anos obrigaram a família brasileira a apertar os cintos e repensar o planejamento do seu orçamento. Às vezes, é necessário fazer um pouco de malabarismo para conseguir atravessar um mês mais crítico sem deixar faltar nada de essencial.

Por isso, papel e caneta na mão! Separamos 5 dicas infalíveis para ajudar você na missão de melhorar ainda mais a economia doméstica.

1. Economizando nas compras de supermercado

É comum que os mercados tenham preços promocionais divididos em dias. Ou seja: na segunda, as hortaliças estão com um valor mais baixo; na terça, as carnes; na quarta, os itens de padaria e assim por diante. Descubra como funcionam as ofertas do mercado em que você costuma ir e vá duas ou três vezes durante a semana. Ao colocar na ponta do lápis, a economia será perceptível.

Dentro dessa mesma ideia, vale dar prioridade sempre para os produtos da estação, que também são mais baratos. E se tiver um atacado de mantimentos na sua cidade, combine com algum amigo e façam as suas compras por lá. Seu bolso vai agradecer mais ainda!

E a velha lista de mercado também sempre ajuda a poupar uma boa quantia.

2. De olho nos aparelhos eletrônicos

Mesmo quando não estão em pleno funcionamento, os aparelhos eletrônicos continuam consumindo energia elétrica. O famoso “stand by”, então, é um belo vilão disfarçado! Adote o hábito de sempre desligar os aparelhos e tirá-los da tomada quando parar de utilizar.
Essa é a única forma de realmente garantir que não haverá gasto desnecessário de energia.

3. Quanto você está gastando com telefonia?

Hoje em dia, todo mundo está muito conectado ao celular e, às vezes, com planos bem caros. Avalie o seu plano atual e veja se você realmente precisa de tudo que ele contempla. É possível que você esteja sendo cobrado para ter direito a ligações de longa distância, por exemplo, sem ser algo que você utiliza.

Vale comparar e verificar se, inclusive, não compensaria mais um plano pré-pago.

Aproveitando o assunto, você realmente precisa de um telefone fixo? Talvez, esse esteja sendo mais um gasto desnecessário.

4. Cozinhe em casa

Comer fora é uma das melhores formas para comprometer as finanças, por isso, mais um hábito a ser adotado é o de cozinhar em casa: você pode tirar um dia por semana para isso, preparar uma grande quantidade, dividir em porções e congelar. Além de economizar, é um hábito muito mais saudável e seguro, porque você conhece a procedência de todos os alimentos.

5. Controle seus gastos

A melhor forma de saber quanto você está gastando e onde pode reduzir esses gastos, é controlando todas as entradas e saídas.
Atualmente, existem softwares específicos para o controle de despesas, totalmente automatizados e de comandos intuitivos. Um gerenciador financeiro é mais simples do que qualquer planilha e mais funcional também, e possibilita que você visualize as suas movimentações financeiras com mais detalhes.

Artigos Relacionados:

Efetividade Finanças Pessoais

Outros textos de Efetividade Finanças Pessoais

Adicionar comentário