18 de novembro de 2017

BitCoin: O que é?

bitcoin tudo o que voce precisa saber e1509972214659 BitCoin: O que é?

Se você é uma daquelas pessoas que costumam pesquisar formas de investimento para diversificar sua carteira e obter renda extra, provavelmente já ouviu falar da bitcoin. Trata-se de uma criptomoeda, que é um dinheiro totalmente virtual.

Geralmente, as pessoas utilizam a bitcoin como um tipo de investimento, pois seu valor é bem cotado no mercado graças ao grande número de usuários. Apesar de rentável, essa moeda não está isenta de riscos, então é importante conhecê-la bem!

Ficou interessado? Então confira neste artigo aquilo que você precisa saber sobre esta moeda virtual e desmistifique seus conceitos!

Quando surgiu a bitcoin?

A bitcoin surgiu como uma proposta bem diferente para a economia. Foi supostamente criada por Satoshi Nakamoto e sua aparição causou grandes controvérsias. A “moeda da internet” não possui órgãos reguladores ou fiscais, sendo mantida pelos próprios usuários.

Desse modo, as transações são feitas de pessoa para pessoa, de forma direta, sem a necessidade de um intermediário, mesmo que seja de um país para outro. Assim, os custos das transações de bitcoin são baixíssimos e logo a moeda rapidamente se valorizou.

Como comprar e guardar a bitcoin?

Um investidor interessado nesse novo mercado precisa primeiro abrir uma conta em alguma corretora de moeda virtual ou utilizar sites que pagam pelo acesso, distribuindo fragmentos de bitcoin. Desse modo, o usuário ingressará no mercado e poderá acumular bitcoin.

A principal função dessa criptomoeda é facilitar as transações financeiras feitas pela internet, contudo, seu alto valor de mercado vem transformando-a em um tipo de investimento de alto risco.

Ao comprar bitcoin, você deve guardá-las em uma carteira virtual, que é um aplicativo no computador ou celular para efetuar as transações. Desse modo, para utilizá-la é gerado um código que será verificado pelo “minerador”. Depois de aprovar a troca, ela entra no blockchain, que é um sistema em que é feita a custódia das operações realizadas.

Para que serve a mineração?

A função dos mineradores é garantir que as transações feitas com bitcoin sejam devidamente registradas em um certo período de tempo, isso é chamado de bloco. O lugar onde se reúnem vários blocos é o famoso blockchain.

Todo esse processo de mineração é feito de forma online, utilizando criptografia para garantir segurança às operações, além de criar uma espécie de “loteria” para dificultar a criação de vários blocos pelos usuários. Por este motivo a bitcoin é chamada de “criptomoeda”.

Vale a pena investir em bitcoin?

Como você deve ter imaginado, sem um órgão de fiscalização padronizado a bitcoin parece ser bem arriscada e sem controle financeiro. De fato, ela é um investimento de risco, porém, não é isenta de segurança.

A tecnologia base da bitcoin é o seu sistema de arquivamento das transações realizadas, o já citado blockchain, que gera uma assinatura virtual para comprovar aos usuários que a transação de transferência pode ser efetuada com segurança.

O investidor deve levar em consideração a volatilidade do preço da moeda para decidir se vale a pena investir em bitcoin. Por exemplo, em 2014 ouve uma grande alta no preço da bitcoin, gerando fortuna instantânea para alguns investidores. Contudo, no mesmo ano a moeda sofreu enormes baixas. No dia 29/09/2017 o valor da bitcoin estava cotado em 4.224 dólares, cerca de 13.770 reais.

Investir nesse mercado pode ser arriscado para a maioria dos investidores de perfil mais conservador. Desse modo, antes de comprar bitcoin, procure por uma corretora virtual de confiança e otimize a segurança de sua carteira.

Gostou do conteúdo? Então siga a nossa página no Facebook e se mantenha atualizado sobre este novo mercado!

Artigos Relacionados:

Efetividade Finanças Pessoais

Outros textos de Efetividade Finanças Pessoais

Adicionar comentário