25 de junho de 2019

[guest post] Bolso São, Mente Sã

O primeiro sintoma de que as finanças pessoais não vão bem é o surgimento daquela inconveniente insônia. Com isso, vem a sonolência e o cansaço diurnos, a falta de concentração, a impaciência com pequenas questões rotineiras, as recorrentes discussões familiares e no ambiente de trabalho, a angústia permanente e a sensação de que se está em um caminho sem retorno. O agravamento da crise pode impactar implacavelmente, inclusive, na saúde física do indivíduo.

Mas como proceder em um momento em que o orçamento está no vermelho e que a vida parece que está do avesso? O importante é manter a cabeça fria e priorizar a razão. Admitir que perdeu o controle das finanças e que é preciso agir imediatamente já traz ao devedor a percepção de que está tomando novamente as rédeas da situação e a autoestima e a paz de espírito já começam a retornar.

Dividir a dificuldade com pessoas próximas e confiáveis também é essencial. Alguém que está de fora pode identificar soluções criativas e simples, que, na maioria das vezes, não estão visíveis para quem está imerso no problema. Procurar ajuda profissional, como a de um consultor financeiro, pode ser uma boa opção.

 planejamento financeiro 300x257 [guest post] Bolso São, Mente Sã

Também é imprescindível cortar radicalmente as despesas supérfluas e colocar no papel todos os débitos pendentes de pagamento, priorizando aqueles que estão sendo corrigidos com taxas de juros mais caras, como os provenientes do uso inadequado do cheque especial e do rotativo do cartão de crédito. O inadimplente deve procurar os credores e mostrar-se disposto a regularizar a sua vida financeira. Renegociar é a palavra chave.

Já com a vida em ordem, é importante fugir das conhecidas ciladas do consumo por impulso e da incorporação dos limites de crédito à renda mensal. Adotar uma planilha para o controle do planejamento financeiro é um procedimento bastante saudável para quem deseja manter o bolso e a mente em equilíbrio e harmonia.

A busca pela informação também deve ser um hábito a ser adotado e revisitado todos os dias. Hoje a internet é uma fonte riquíssima de conteúdo, inclusive sobre o mercado financeiro e sobre o universo dos investimentos. Basta procurar fontes e canais confiáveis para que esta valiosa troca de experiências possa promover as melhores tomadas de decisão. Em um mundo globalizado e tão calcado em tecnologia, o conhecimento e a educação financeira são caminhos eficazes para o sucesso nesta empreitada.

E, por fim, comece a poupar. Identifique seu perfil, defina um objetivo e descubra qual o seu apetite por riscos. Guardar dinheiro regularmente, mesmo que uma pequena parcela do salário, pode ser a garantia de um futuro mais tranquilo ou a realização de um sonho de consumo valioso, como um automóvel novo, um imóvel ou aquele tão planejado curso no exterior.

 Aline Rabelo, Coordenadora do Investmania
Aline é formada em Administração de Empresas e possui mais de 7 anos de experiência profissional no mercado financeiro, trabalhando em grandes corretoras e ministrando palestras em eventos do setor, como o Circuito Expo Money.  Atualmente, dedica-se exclusivamente à coordenação do Investmania (www.investmania.com.br).

Artigos Relacionados:

Jônatas Rodrigues da Silva

Administrador na Universidade Federal de São Carlos e professor do Estado de São Paulo no Centro Paula Souza. Autor do livro Método para a Educação Financeira: da Sensibilização à Ação.

Outros textos de Jônatas Rodrigues da Silva
2 Comentários

Adicionar comentário