15 de julho de 2019

Buzz Marketing

O buzz marketing ou marketing do barulho tem como objetivo gerar uma sólida notoriedade dentro de um segmento, sem gastar enormes quantias de dinheiro em publicidade. É “plantar” uma notícia, que aparentemente foi um furo de reportagem de um jornalista, de forma que a mesma vire notícia, apareça na mídia, seja comentada nas ruas, nas escolas e entre amigos sem a empresa ter investido nada ou muito pouco em divulgação.

 Buzz Marketing

Me recordo de um buzz marketing ocorrido com o filme brasileiro Tropa de Elite (2007).  O filme teve seu lançamento oficial no dia 12 de outubro, porém uma cópia pirata inacabada já estava nas mãos dos camelôs muito antes. A cópia pirata tinha 6 minutos a menos que a versão oficial além de algumas cenas que foram retiradas no fechamento. O diretor do filme José Padilha afirmava que não sabia como a cópia “vazou”, mas isso não importa muito; segundo pesquisa Datafolha o filme já havia sido visto antes do seu lançamento por 19% dos paulistanos e 77% da população da cidade de São Paulo já tinham ouvido falar sobre o filme. A revista Veja, edição 2.029, ano 40 de 10 de outubro de 2007, trouxe uma matéria sobre o filme com quatro páginas. Quanta divulgação gratuita. Será que o filme causaria tanta repercussão caso não tivesse chegado aos camelôs? Quem assistiu a versão pirata, com toda certeza, assistiu a versão final. Agora, intencional ou não, “vazar” uma versão incompleta do filme foi um buzz marketing fantástico.

 Buzz Marketing

Outro caso de buzz marketing foi realizado pela cervejaria Kaiser, esse totalmente intencional. Seu garoto propaganda José Valien (o famoso baixinho da Kaiser) de 59 anos foi visto e fotografado aos beijos com a atriz Karina Bacchi de apenas 30 anos. Viraram capa da famosa revista de fofocas Caras e notícias em diversos sites da Internet. Veja abaixo notícia retirada do site Terra em 11 de outubro de 2006:

A atriz Karina Bacchi, 30 anos, foi fotografada, no último dia 4, aos beijos com o ator José Valien, 59, o “Baixinho da Kaiser”. As fotos estampam a capa da revista Caras dessa semana. “Desejo a felicidade e esta pode estar com quem a gente menos espera”, disse Karina à revista, sem assumir o novo romance. Os dois jantaram juntos em um restaurante japonês na capital paulista.

Depois do jantar, Valien, que é espanhol, seguiu a atriz até a casa dela e se despediu da loira com beijos e carícias.

O assessor de Valien, Silvio Natacci, disse que não podia declarar nada sobre o assunto, pois se trata da “vida pessoal” de seu cliente. “Eles se conheceram no aniversário dela e dançaram juntos a noite toda”, disse.

Valien também não confirma o romance. “Sua beleza é indescritível. E formamos um belo par. Arrasamos na pista, dançando ao som de Sidney Magal”, disse ele, no dia da festa, em tom de brincadeira.

A assessora de Karina, Rosana Motta, afirmou que desconhece uma possível campanha publicitária envolvendo o “casal”. “Não há campanha, mas é cedo para falar mais. Prefiro ficar quieta, sem maiores declarações”, disse a atriz.

Esse foi um dos buzz marketing mais bem feitos que eu já vi. Quem não se lembra algum tempo depois das propagandas que começaram a passar na televisão, onde o baixinho da Kaiser era disputado por várias famosas como a atriz Danielle Winits e a modelo e apresentadora Adriane Galisteu?

Artigos Relacionados:

Jônatas Rodrigues da Silva

Administrador na Universidade Federal de São Carlos e professor do Estado de São Paulo no Centro Paula Souza. Autor do livro Método para a Educação Financeira: da Sensibilização à Ação.

Outros textos de Jônatas Rodrigues da Silva
4 Comentários

Adicionar comentário