14 de novembro de 2018

Como fazer economia doméstica?

como fazer economia domestica 20171226104224.jpg e1526495662962 Como fazer economia doméstica?

Quem nunca sofreu ao ver o seu salário quase zerar ou ficar no vermelho no final do mês? Mesmo quando parece que gastamos somente o necessário, muitas vezes nossas finanças se vão de grão em grão sem nos darmos conta através dos gastos domésticos.

O fato é que não aprendemos na escola como gerenciar nossas finanças dentro da nossa casa. Mas é possível reduzir alguns custos com algumas mudanças de hábitos, de modo que nosso salário seja mais bem aproveitado. Seguem algumas dicas em certas áreas que podemos economizar:

Alimentação

Podemos ter um maior controle dos gastos com alimentos quando planejamos nossas compras. Para isso, temos que ter o hábito de fazer listas de compras, evitando assim não comprar mais do que o necessário. E em vez de fazermos a compra do mês, podemos comprar semanalmente para ter um maior controle do nosso estoque caseiro.

Outro hábito financeiramente saudável é evitar comer em restaurantes e fazer a própria comida. Sabemos que dá mais trabalho, mas no final do mês a diferença é significativa. Além disso, buscando em sites de receitas podemos aproveitar ao máximo os ingredientes que temos em casa, evitando o desperdício e exercitando nossa criatividade na cozinha.

Energia e água

Estes são pequenos hábitos que podem fazer diferença nas contas de água e luz:

• Temos que estar atentos com os encanamentos da casa, pois qualquer vazamento pode acarretar em um grande prejuízo no final do mês;
• Atenção com os aparelhos na tomada, eles gastam mesmo em modo Standby;
• Optar por lâmpadas fluorescentes ou de LED em vez de incandescentes, são mais caras, porém você economizará mais em longo prazo;
• Dar preferência aos eletrodomésticos com o selo Procel “A”, pois são mais econômicos;
• Cuidar com o tempo no chuveiro e ao utilizar o ferro de passar, ambos consomem muita energia.

Manutenção da casa, carro e jardim

Hoje em dia você pode aprender muitas coisas por conta própria através da internet, como fazer manutenções simples na sua casa (como trocar um cano ou pintar uma parede), carro (polimento e lavagem), e jardim (cortar a grama e cultivar plantas ornamentais e hortaliças). São coisas simples que você pode evitar a contratação de um terceiro para fazer o serviço.

Sempre é bom aprender novas habilidades, mas é claro, para certas tarefas é preciso que um profissional faça o serviço. Você arriscará sua vida se for mexer com eletricidade por exemplo, sem ter uma mínima noção do que está fazendo.

Transporte

Evite utilizar o carro para distâncias curtas. Você pode ao mesmo tempo cuidar da sua saúde fazendo uma caminhada.

Utilize transporte público. Às vezes até mesmo um táxi pode ser mais vantajoso do que tirar o seu carro da garagem, basta fazer as contas para se certificar.

Se for utilizar o carro, use-o com sabedoria. Faça com que o trajeto tenha o máximo de aproveitamento, se possível, pague apenas um estacionamento em um local estratégico próximo a todos que você tem que ir, e faça os pequenos trajetos caminhando.

Gerencie suas despesas e receitas

Agora é só colocar tudo em prática. Planeje, coloque seus gastos no papel, utilize um bom site de controle financeiro e veja a diferença acontecer no seu bolso. Às vezes, basta visualizarmos nossos gastos de maneira concreta para sabermos por qual porta nosso dinheiro está saindo e decidirmos mudar nossos hábitos.

Artigos Relacionados:

Efetividade Finanças Pessoais

Outros textos de Efetividade Finanças Pessoais

Adicionar comentário