16 de janeiro de 2019

A importância do controle financeiro na micro e pequena empresa

a importancia do controle financeiro na micro e pequena empresa e1546456821752 A importância do controle financeiro na micro e pequena empresa

Vai empreender? Veja como ter uma saúde financeira efetiva.

Entenda o qual importante é o assunto para empresas de pequeno porte.

As micro e pequenas empresas representam 99% do setor privado no Brasil, segundo dados do SEBRAE. A fatia de empregos com carteira assinada corresponde a mais da metade, 52% e mostra a importância dos pequenos negócios que surgem no nosso país. E um fator poder ser fundamental no sucesso destes empreendimentos: o controle financeiro.

Desta forma é importante que o assunto seja dominado por gestores desses negócios, para que os resultados apareçam e as organizações possam crescer cada vez mais. Neste artigo mostraremos a importância do controle financeiro nas micros e pequenas empresa. Confira!

Manter a empresa aberta

É importante manter o controle financeiro da sua micro ou pequena empresa para garantir que ela possa continuar operando e crescendo. Isto porque a realidade nacional segue outro caminho: dados da Demografia das Empresas, referente ao ano de 2016, aponta que a cada dez empresas, seis fecham antes de completar cinco anos.

E isto pode ser explicado pelo descompromisso com o controle financeiro: o acúmulo de dívidas, principalmente trabalhistas, aliado a falta de um fluxo de caixa e empréstimos corriqueiros, sem analisar a saúde financeira da empresa, estão entre os principais fatores de falência e fechamento dos negócios brasileiros.

Controle é sinônimo de boas parcerias

As micro e pequenas empresas nacionais, quando bem geridas e com bons indicadores, têm a possibilidade de inúmeros benefícios que União, Estados e Municípios dão para incentivar o crescimento empresarial. Contudo, se não houver uma saúde financeira, concorrer aos benefícios não é mais uma opção.

Por isso, dar a devida atenção às finanças corporativas – onde a margem de lucro, por exemplo, não afeta a análise dos agentes públicos – permite que sua empresa saia na frente da concorrência para contrair empréstimos com juros mais baixos, inserção em editais públicos (de incentivo à cultura, empreendimento, educação, etc.), entre outros benefícios.

Expansão do negócio

Controlar uma empresa pelo “achismo” torna-se um desafio para manter o seu controle financeiro. E isto vale, inclusive, para os microempreendedores individuais (MEI), que entendem sua função, em algumas áreas, apenas como prestação de serviços. A empresa não crescerá como espera-se se não houver um fluxo de caixa que aponte, detalhadamente, as entradas e saídas.

Também permitirá que você saiba qual é a margem de contribuição, de lucro, e outros indicadores que mostram se é possível expandir o negócio. Não basta fechar no azul: saber porque e como chegou lá é tão importante quanto ter resultados efetivos no caixa da sua empresa.

À frente da concorrência

Lembra quando citamos que seis em cada dez empresas fecham antes de completar cinco anos? Isso ocorre porque muitos negligenciam o controle financeiro e não fazem a gestão das suas contas. Ou seja, se você dá a devida importância ao assunto, pode ter certeza: mais de 60% da sua concorrência, apenas com esse procedimento, ficará para trás.

Há inúmeros modelos de micro e pequenas empresas que, através de um controle financeiro exemplar, aumentaram sua atuação e hoje possuem inúmeras unidades, centenas ou milhares de funcionários e até mesmo abriram capital na bolsa de valores. Tudo por acreditar que os números contábeis, fiscais e administrativos devem ser olhados com a devida atenção.

Continue acompanhando nossos conteúdos e, passo a passo, saiba como gerir as suas finanças, seja em casa, na empresa ou qualquer situação do cotidiano.

Procurando um Gerenciador Financeiro Empresarial? Clique aqui e acesse agora!

Artigos Relacionados:

Efetividade Finanças Pessoais

Outros textos de Efetividade Finanças Pessoais

Adicionar comentário