25 de junho de 2019

O brasileiro não se preocupa com o futuro financeiro

fantastico globo logo 150x150 O brasileiro não se preocupa com o futuro financeiroOntem o programa Fantástico da rede Globo mostrou uma matéria sobre como o cidadão brasileiro está se preparando para a velhice. A conclusão foi meio que óbvia, o brasileiro não se prepara para a velhice. Na verdade o brasileiro não se prepara para nada, vive no estilo Zeca Pagodinho… “deixa a vida me levar, vida leva eu…”.

Foi triste ouvir uma jovem senhora, pobre, declarar que gasta tudo, e que mesmo se chegar ao final do mês com alguma sobra ela arruma um jeito de gastar. Quando a jornalista lhe perguntou se não seria interessante economizar ao menos 20 reais mensais e investir para uma vida futura mais tranquila, ela disse que não, que nem que tivesse o dinheiro não o economizaria, que iria gastar tudo mesmo.

A matéria contou a história de dona Nilza, que recebe ajuda financeira de seus filhos para conseguir arcar com os custos mensais.

“Para eu manter meu padrão de vida com a TV a cabo, com a pessoa que cuida da minha mãe e ter uma pessoa que faça uma faxina regularmente na minha casa, eu preciso de um complemento de renda. E isso o meu filho me dá”, conta Dona Nilza. A senhora de 68 anos diz que se o filho não tivesse condições a vida seria mais difícil. “Que eu estou com o INSS que é de R$ 510. E o quê que dá? Não paga nada”.

A matéria surgiu de uma pesquisa realizada em 12 países e mostrou que 3 de cada 4 brasileiros esperam contar com a ajuda da família na velhice, sendo sustentados pelos familiares.

64% dos brasileiros não tem preocupação alguma com o futuro financeiro. Isso é preocupante.

A única coisa que temos que fazer na vida são escolhas e, infelizmente, estamos escolhendo mal. Estamos deixando o nosso futuro nas mãos dos outros. Cuidado, a probabilidade desta escolha não ser a melhor é grande.

Este e muitos outros blogs têm escrito diariamente sobre a importância de se gastar menos do que se ganha e investir a diferença para poder no futuro viver com dignidade. Pelo que tenho notado, poucos, bem poucos tem colocado em prática os ensinamentos aprendidos.

A escolha está sendo feita.

O bom, ou ruim, é que mais cedo ou mais tarde somos recompensados por nossas escolhas. Essa recompensa será boa ou ruim. Você escolhe hoje o que terá amanhã.

A reportagem do Fantástico você assiste clicando aqui.

Artigos Relacionados:

    None Found

Jônatas Rodrigues da Silva

Administrador na Universidade Federal de São Carlos e professor do Estado de São Paulo no Centro Paula Souza. Autor do livro Método para a Educação Financeira: da Sensibilização à Ação.

Outros textos de Jônatas Rodrigues da Silva
4 Comentários

Adicionar comentário