20 de junho de 2019

O custo oculto da compra a prazo.

moeda 150x150 O custo oculto da compra a prazo.Quando realizamos uma compra a prazo pagamos juros. Mas isto é óbvio. Só que além do juro, que é o preço pago por estarmos comprando dinheiro, pagamos algumas taxas ocultas.

Um venda paga à vista é muito simples: o cliente escolhe o produto, se dirige ao caixa, escolhe a forma de pagamento e o efetua, e depois recebe o pacote ou espera a entrega do produto em sua casa. Pronto. Compra finalizada.

Numa compra realizada em parcelas pagamos alguns custos além dos juros:

Abertura de crédito

Numa venda à vista o cliente não precisa realizar cadastro, já numa venda a prazo precisamos preencher dezenas de informações pessoais e pagamos o custo deste serviço, pois a empresa contratou um funcionário para realizar esta tarefa.

Boletos

Existe o custo de impressão do boleto. E quem paga por ele é você.

Serviços de proteção ao crédito

Para comprar a prazo você precisa ter seu crédito aprovado. Para isto a empresa em que você está comprando consulta os serviços de proteção ao crédito e ela tem um custo para realizar consultas. Advinha quem paga este custo? Acertou. Você mesmo.

Transporte

Você tem o custo do combustível ou passagens de ônibus quando retorna à loja para pagar o boleto.

Fora o custo do transporte você ainda fica exposto a novas tentações de compra que poderá leva-lo a gastar mais.

Inadimplência

O custo da inadimplência é pago pelos clientes que pagam a parcela em dia. Este é mais um custo que você terá.

Conclusão

Quem compra à vista está no comando e tem poder de barganha. Já quem realiza compras a prazo fica refém do estabelecimento e tem que aceitar as regras impostas por ele.

Fora o tradicional custo do dinheiro os custos ocultos encarecem muito o produto final. O somar das parcelas ao final do financiamento pagam dois, às vezes três produtos. Nada melhor que se planejar financeiramente, economizar dinheiro e somente comprar à vista.

Nada de comprar um produto que você não precisa, com um dinheiro que você não tem para impressionar pessoas que você nem conhece.

Artigos Relacionados:

Jônatas Rodrigues da Silva

Administrador na Universidade Federal de São Carlos e professor do Estado de São Paulo no Centro Paula Souza. Autor do livro Método para a Educação Financeira: da Sensibilização à Ação.

Outros textos de Jônatas Rodrigues da Silva
13 Comentários

Adicionar comentário