14 de novembro de 2018

Qual estilo musical mais rentável para quem é músico?

qual estilo musical mais rentavel para quem e musico e1535561649870 Qual estilo musical mais rentável para quem é músico?

Quase todo músico já deve ter ouvido de algum amigo, conhecido ou familiar que é muito difícil viver de música. Essa frase não pode ser tomada como uma regra. É possível ter uma sólida carreira através da música, mas isso exige planejamento e uma boa gestão do próprio trabalho. Saiba qual estilo musical é mais rentável para quem é músico neste texto que preparamos especialmente para você. Confira:

Gosto x Mercado

Certamente todo musicista tem um gosto, uma predileção pessoal por certo tipo de música. Entretanto, nem sempre esse gosto musical é o que mais se adequa às necessidades do mercado cultural onde o profissional atua.

Por isso, é importante estar atento às tendências da música atual e atacar este segmento. Isso aumenta suas chances de prosperar e ganhar dinheiro, seja como artista contratado, em uma banda, ou em uma eventual carreira solo.

A lógica diz que o músico deveria escolher o estilo mais ouvido pelas pessoas de sua região para trabalhar. Afinal, seria a categoria que movimenta mais dinheiro e atrai mais ouvintes, por isso, pode ser uma boa oportunidade para trabalhar.

Como mensurar os estilos mais ouvidos

Os hábitos de consumo musical podem ser medidos de várias formas por você, músico que deseja ter uma carreira frutífera neste mercado.

Um deles é acompanhar os “charts”, as paradas de sucesso de sua região. A nível internacional, a Billboard traz ótimas referências de ranking. Mas se você pretende avaliar um impacto mais regionalizado, procure ficar atento aos sites das maiores rádios de sua localidade, ou ouvir os “top 5, top 10” e semelhantes das emissoras.

O Spotify é uma ferramenta precisa de mensuração de ouvintes. Pesquise uma série de estilos musicais como rock, pop, samba, pagode, sertanejo funk, entre outros e veja quais têm atraído o maior número de seguidores.

Assim, você sabe o que as pessoas mais gostam de ouvir e, dessa forma, pode tentar ingressar nesse estilo.

Música de massas não é a única opção

É possível afirmar com tranquilidade que hoje, no Brasil, os estilos musicais mais ouvidos são funk e sertanejo. Consequentemente, são os que mais atraem profissionais para atuar. São milhares de músicos, compositores, cantores, instrumentistas e intérpretes, de forma geral, lutando por um lugar ao Sol.

Assim como em tudo que envolve trabalho, as regras do mercado também se aplicam à música. Se a oferta de trabalho é razoável, mas a procura por trabalho é imensa, como no mundo da música comercial de massas, a sua concorrência é forte, e se destacar nesse meio pode ser uma missão difícil.

Por isso, pode valer a pena se arriscar em um mercado menor, mais restrito ou segmentado, como a MPB, o samba ou o jazz, por exemplo. Da mesma forma, acompanhe as tendências de consumo musical desses estilos, compare com suas habilidades e veja o que pode lhe trazer melhores frutos profissionais.

Uma história que pode inspirar você na busca pela carreira musical é a história de Bob Marley.  O rei do reggae vai na contra mão de muitas histórias na música, uma infância difícil e de muita persistência para se tornar uma lenda.

Artigos Relacionados:

Adicionar comentário